O site da Receitas Lá na Roça utiliza cookies. Saiba mais sobre nossas Políticas de Cookies clicando aqui. Ao navegar você concorda com a sua utilização.
Saiba mais sobre os cookies em nossa Advertência Jurídica e Políticas de Privacidade

Como preparar fígado para não deixar com gosto forte e agradar todos (até as crianças)

Como preparar fígado para não deixar com gosto forte e agradar todos (até as crianças)

Sua família inteira tem dificuldade em comer bife de fígado de boi? Você precisa aprender o melhor truque para tirar o gosto forte, amaciar o bife e fazer com que o corte de carne agrade até às crianças. Descubra qual o segredo para o preparo do fígado que, com seus temperos preferidos, vai deixá-lo delicioso.

Macete para amaciar e tirar gosto do fígado

Passo 1: Tempere

Antes de tudo, tempere a carne do jeito que preferir, com alho, pimenta do reino, cominho ou noz moscada, por exemplo. Faça do jeito que costuma temperar outros cortes antes de levar à frigideira.

Passo 2: Não frite direto, deixe marinar

No entanto, deixe a carne de fígado marinar com um fiozinho de azeite por, pelo menos, duas horas na geladeira. Você pode fazer isso após o tempero, colocando a carne em um pote tampado com azeite, ou mesmo em um saco. Isso vai permitir que o sabor dos temperos seja melhor absorvido pela carne.

 

Passo 3: Truque do leite

Na hora de preparar a refeição, retire os bifes da geladeira e adicione cerca de 4 colheres de sopa de leite para cada 500g de fígado. Misture bem e deixe descansar por mais meia hora fora da geladeira, tempo necessário para os bifes chegarem à temperatura ambiente. Assim, a carne não perde tanto líquido quando vai para a frigideira.

É o leite o grande responsável por deixar a carne super macio e tirar todo o gosto e cheiro forte do fígado. Na hora de fritar, descarte o excesso de leite e aqueça bem a frigideira com azeite antes de colocar o bife para fritar. Lembre de corrigir o sal, para se assegurar de que não perdeu todo o sabor na marinada do leite.

 

fonte-VIX Hummm

Envie seu comentário