Post Aleatório

O cérebro humano tem habilidades incríveis.

Infelizmente, o mal de Alzheimer pode destruir a maior parte dessas habilidades.

A demência causa consequências terríveis, como:

– Perda de memória

– Raciocínio lento

– Dificuldade em se expressar

– Mudanças bruscas de comportamento

A chance de sintomas como esses serem o resultado da doença  Alzheimer é de 60% a 70%.

No entanto, também pode ser Parkinson, problemas na tireóide, traumatismo craniano, depressão, alteração vascular, uso excessivo de medicamentos farmacêuticos e deficiência de vitamina.

Portanto, se você perceber algum sinal de demência, procure o seu médico o mais rápido possível.

Afinal, se o problema for reversível, quanto mais rápido tratar, melhor.

Voltando ao mal de Alzheimer, infelizmente, todos sabem, é um problema sério, cujo tratamento é bem difícil.

Por isso a melhor estratégia é a prevenção.

Sim, você pode fazer algo para fortalecer o seu cérebro contra doenças degenerativas, inclusive Alzheimer.

Por exemplo:

1. Minimizar o uso de drogas anticolinérgicas

O problema dessas drogas é que elas diminuem os impulsos nervosos parassimpáticos.

Para quem não sabe, o sistema parassimpático tem a função de gerenciar as atividades que acontecem enquanto o corpo descansa.
Ou seja, são aqueles nervos responsáveis pelos músculos dos pulmões, trato urinário, trato gastrointestinal e outras partes do corpo.

A maioria dos soníferos prescritos, medicamentos antialérgicos, antidepressivos e medicamentos para o coração tem potente ação anticolinérgica no corpo.

Existem estudos que mostram que o uso regular de medicamentos anticolinérgicos aumenta significativamente o risco de demência.

Por esse motivo, muitos profissionais de saúde de todo o mundo estão tentando educar seus pacientes sobre os perigos desses medicamentos e como limitar a sua utilização.

Se você atualmente usa anticolinérgicos, recomendamos que você consultar com seu médico sobre como reduzir seu uso ou substituí-los.

Veja AQUI uma lista com alguns desses medicamentos.

2. Tome vitamina D

Muitos estudos encontraram uma estreita relação entre a demência e o baixo nível de vitamina D.

Procure se expor ao sol brando e consuma suplementos de vitamina D.

Isso evitará muitos problemas de distúrbio cerebral.

3. Consuma óleo de peixe/ ômega 3

A sua ausência na dieta humana pode causar problemas no cérebro.

Consulte seu médico antes de começar a consumir o óleo de peixe, pois o consumo desequilibrado pode causar efeitos colaterais.

4. Consuma vitaminas do complexo B

Vitaminas como B12, B6 e folato podem reduzir os níveis da molécula homocisteína (HC).

Uma elevada carga de HC aumenta significativamente as chances da pessoa sofrer problemas vasculares.

Além disso, leva ao declínio cognitivo com o passar da idade.

Para prevenir, pode-se consumir 500mcg de vitamina B12.

Mas só o faça com a prescrição do seu médico.

5. Pratique exercícios físicos

Esta é uma dica útil para prevenir muitas doenças.

Procure andar ou pedalar por 30 minutos diariamente.

6. Explore o seu cérebro

Se possível, desafie seu cérebro fazendo palavras cruzadas, montando quebra-cabeças ou até mesmo aprendendo um idioma – isso pode atrasar o declínio da memória em quase dois anos e meio.

Um estudo recente mostrou que pessoas que sabem mais de uma  língua tem pelo menos cinco anos a mais de lucidez do que as que conhecem apenas o básico da língua nativa.

7. Reduza o consumo de álcool e fumo

Todo mundo sabe que essas duas práticas podem causar problemas gravíssimos de saúde.

Fumantes apresentam um risco 45% maior de desenvolver Alzheimer comparados aos não fumantes.

As pessoas que bebem álcool também têm mais chances de desenvolver demência, principalmente se o consumo for excessivo.

8. Proteja a cabeça contra lesões

Pancadas na cabeça aumentam os riscos de Alzheimer, então tome muito cuidado.

Sempre que realizar atividades esportivas, com skate, patins, bicicleta, use capacete para proteger.

9. Garanta seu ciclo social

A boa interação com as pessoas protege o cérebro de efeitos negativos, como solidão.

Junte-se com amigos e parentes para celebrar os momentos juntos, com brincadeiras, jogos, piadas ou um bom filme.

10. Analise o peso, nível de colesterol e a pressão arterial

É sempre bom está no peso ideal e com as taxas hormonais equilibradas.

Alterações como essas podem causar acidente vascular cerebral e problemas cardíacos.

Invista numa dieta rica em peixe, verdura, nozes e sementes para prevenir a demência.

Este é um blog de notícias sobre tratamentos caseiros. Ele não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico.

Fonte: www.curapelanatureza.com.br

© 2017 · Se for copiar, cite a fonte!
Site Desenvolvido por: